CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

"Eu quero o pensar - sentir hoje e, não tê-lo apenas tido ontem ou ir tê-lo amanhã." (Clarice Lispector)

segunda-feira, 8 de março de 2010

Marco Zero

by C.R
Dançamos luas
Passeamos sob a galaxia de um novo tempo de um velho Recife
Sujamos a rua com pés descalços deixando marcas em nosso sistema
Recriamos chamas com a radiação lunar



Tum... Tum... Tum



É o coração de Deus querendo sair
Ele ouvi nossos passos
Nos guia a cada dança de passos largos
Um passo e não estamos mas na terra



“Plutão, planeta não”(C.R)



Lapidamos a chama a cada toque dos sentidos
E gira, e pousa
E gira, e pousa
E gira, e dorme



Km0



Acordar no centro do universo, e por um segundo tudo é Deus
O ar não é mais necessário
Nem há estomago para o pão
A cada sorriso fico mais jovem


Deita, levanta, e dança, e pula, e geme, grita, puxa e solta no ar
E vai caindo... caindo... caindo
Até o coração de Deus



De olhos abertos o céu não parece tão longe
Sentado sob o sol
Extravasando dores que não são as minhas
“Sei que ela chora, mas hoje dorme.”



São só símbolos e não mais do que estar em frente a uma parede, ou trepado em um poste
Símbolos de energia, de sorte, de dor, desapego, de morte, de guerra, da terra... Santa



Que continuemos fazendo de nossos momentos o símbolo de platônicos reencontros
Eternos amores de letras, sorrisos, olhares e abraços sinceros
Que sejamos poetas então, fazendo de cada momento poesia

1 comentários:

Cauac, a Tormenta disse...

sejamos poetas então
vivendo poesia
eternizando nossos momentos em palavras;

a noite merecia ser lembrada e narrada
linda noite
linda camila
a reger nossos corpos como instrumentos
a tocar apenas para ela
para deus
pulsando no planeta não
até fazê-lo dizer sim